Boletim de 13 de Julho de 2016
MEDITAÇÃO: A VITORIA SOBRE A MORTE

Uma característica interessante que encontramos no Novo Testamento ao referir-se à morte, é a ênfase que recai sobre a VIDA. Na maior parte dos casos, a palavra morte é usada sobre a ressurreição dentre os mortos ou coisa semelhante. Na bíblia a morte é enfrentada de maneira bem natural e realista. Por isso e ênfase sobre a vida, enquanto a morte é tratada de forma mais ou menos incidental, como aquilo de onde o homem é salvo.

Cristo assumiu a nossa natureza “ para que, por sua morte, destruísse aquele que tem o poder da morte, a saber, o diabo” Hb 2.14. este poder do diabo é apresentado como sujeito ao controle de Deus ( Jó 2.6; Lc 12.5...). O diabo não pode fazer uso da morte como lhe convém.

Cristo veio ao mundo para por fim à morte. Foi por intermédio da morte, conforme o texto de Hebreus, que ele derrotou a Satanás. Foi por meio da morte que Ele eliminou o nosso pecado. “Pois, quanto a ter morrido, de uma vez para sempre morreu para o pecado” Rm 6.10. fora de Cristo a morte é o inimigo supremo, o símbolo de nossa alienação de Deus, o horror final. Mas Cristo usou a morte para livrar o homem da morte. Ele morreu a fim de que os homens possam viver. Jesus levou sobre si os horrores completos da morte. Portanto, para aqueles que estão “em Cristo”, a morte não mais existe, é apenas uma transferência de lugar.

A extensão da vitória de Cristo sobre a morte é indicada pela sua ressurreição. “Havendo Cristo ressuscitado dentre os mortos, já não morre mais; a morte já não tem domínio sobre ele” Rm 6.9. A ressurreição é o grande acontecimento triunfal, e a nota marcante da vitória no Novo Testamento tem nela sua fonte. Cristo é o “autor da vida” At 3.15; “Senhor, tanto de mortos como de vivos” Rm14.9; o “Verbo da vida” 1 Jo 1.1. sua vitória sobre a morte foi completa. E sua vitória se tornou disponível para seu povo. A destruição da morte está garantida ( 1 Co 15.26 e 54; e Ap 21.4). assim o Novo testamento compreende a vida eterna não como a imortalidade da alma, mas, sim, em termos da ressurreição do corpo. Nada poderia ilustrar tão gratificantemente a natureza completa e final da derrota da morte.

E não somente existe um glorioso futuro,mas também há um glorioso presente. O cristão já passou da morte para a vida. “ Em verdade, em verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não entra em juízo, mas já passou da morte para a vida” Jo 5.24. “ Nós sabemos que já passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos. Quem não ama permanece na morte”. 1 Jo 3.14. o cristão está livre”da lei do pecado e da morte"”Rm 8.2. A morte não pode mais separa-lo de Deus Rm 8.38-39. disse Jesus: “Se alguém guardar a minha palavra, não verá a morte, eternamente”Jo 8.51. tais palavras não negam realidade da morte biológica. Pelo contrário, salientam para nós a verdade que a morte de Jesus significa que o cristão passou inteiramente fora deste estado que é a morte. Foi transportado para um novo estado, que é aracterizado como vida. No tempo devido o cristão passará pelo portão que chamamos de morte. Porém, o ferrão da mesma já foi extraído. A morte de Jesus significa a vitória sobre a morte para os seus seguidores.

 

 

Calendário
04/06 - Sábado 
      - 9:00 Catecismo na IER Curitiba
03/07 - Domingo (Santa ceia)

   - 10:00 Culto na IER Curitiba

  • Plantão: Presbítero Mirialdo e Diaconisa Kátia

   - 19:30 Culto na IER Campo Magro

10/06 - Domingo

   - 10:00 Culto na IER Curitiba 
  • Plantão: Presbítero Leonardo e Diacono Joao Luis

   - 19:30 Culto na IER Campo Magro

16/07 - Sábado
   - 9:00 Catecismo na IER Curitiba
17/07 - Domingo
   - 10:00 Culto na IER Curitiba 
  • Plantão: Presbítero Fábio e Diaconisa Kátia

   - 19:30 Culto na IER Campo Magro

24/07 - Domingo 
   - 10:00 Culto na IER Curitiba  
  • Plantão: Presbítero Mirialdo e Diacono João Luiz

   - 19:30 Culto na IER Campo Magro

 

Aniversariantes
Clique aqui e veja os aniversariantes do mês.

 

Contatos do Conselho
Pastor Gerson Iurk - (41) 3026-4863 e (41) 9611-0353 / geriurk@hotmail.com
Presbítero Mirialdo Klingenfuss - (41) 3256-0565 / miroklin@gmail.com
Presbítero Fabio Verschoor - (41) 9991-9750 / fabio@dinfo.com.br
Presbítero Leonardo Boer - (41) 8812-9172 / le_boer@yahoo.com.br
Diacono João Luiz - (41) 9639-3436 / jota.luiz@ig.com.br
Diaconisa Kátia Kuroski - (41) 9605-9283 / katiamkuroski@gmail.com